RITMO DA CONSTRUÇÃO FAVORECE CERÂMICAS.

Líder no número de empreendimentos dentre todas as atividades produtivas do setor industrial e, também uma das mais pujantes da economia cearense, a construção civil vive um cenário promissor em função dos projetos estruturantes em curso, das obras para a Copa de 2014 e do programa habitacional popular do Governo Federal Minha Casa, Minha Vida. O lançamento do Programa Minha Casa, Minha Vida 02 é um dos maiores impulsionadores deste crescimento. Só nesta nova fase o projeto deve gerar mais de 4000 empregos diretos.  Somadas as linhas de crédito especiais para a habitação e o bom momento da economia brasileira favorecem o crescimento da construção civil no estado.

Neste cenário, o setor cerâmico do estado do Ceará está bastante aquecido em virtude da demanda destas obras. “Várias obras que possuíam pendências burocráticas começaram, outras que estavam em ritmo lento devido ao período de chuva aceleram, sem falar nas obras de habitação popular onde material cerâmico é um dos principais insumos.” diz Raimundo Tavares, diretor do Grupo Tavares.

As cerâmicas cearenses sempre atenderam a demanda de estados vizinhos “A demanda está grande, sempre atendemos a estados vizinhos como Pernambuco e Piauí, mas agora estamos recebendo pedidos até de Brasília” destaca Raimundo Tavares.

Nas na maioria das cerâmicas cearenses prevalece à secagem natural, como o período de chuvas deste ano foi maior, só agora as cerâmicas voltam a sua capacidade produtiva normal. Com volta da normalidade todas as obras deverão ser atendidas prontamente.