GRUPO TAVARES COMEMORA A SEMANA DO MEIO AMBIENTE

Em comemoração a Semana do Meio Ambiente o Grupo Tavares participou de diversas ações de preservação ambiental e educação social durante os últimos dias, comprovando sua atuação pelo desenvolvimento sustentável.

Durante a semana funcionários do grupo puderam dar atenção especial as diversas áreas de reflorestamento mantidas pelo grupo, sobretudo na região da Lagoa das Canas, Junco e Jenipapeiro na cidade de Aquiraz onde existem mais de 4000 mudas nativas plantadas nos anos de 2010 e 2011.

No entorno das unidades CEAGRA, AQUIRAZ, ASSUNÇÃO I e ASSUÇÃO II foram plantadas mais de 200 mudas de arvores nativas e frutíferas. Este plantio tem com objetivo de arborizar o pátio das unidades, trazer mais verde para dentro das cerâmicas. “Plantamos arvores símbolo da caatinga como a jurema e pau d’arco, arvore frutíferas que proverão frutos e sombra para as cerâmicas”, completa Ivanildo Pereira, gerente de unidade.

Além do plantio o trabalho paisagístico comtemplou a limpeza dos pátios, disposição de lixeiros e educação dos funcionários sobre a importância da preservação ambiental. O trabalho vem sendo desenvolvido nos últimos dois meses, com limpeza dos pátios onde o todo material teve sua destinação adequada e preparação do terreno para o plantio.

O Grupo Tavares também apoiou diversos parceiros (clientes, fornecedores, órgãos públicos) em seus eventos, como força representativa na sociedade em busca de um desenvolvimento sustentável. Realizando inscrições em prêmios, participando de seminários com temas ligados a sustentabilidade e dando apoio a logístico para o plantio de mudas, entre outras ações.

Entre os parceiros do grupo, está o IBAMA-CE que durante a comemoração do Dia do Meio Ambiente, 05 de junho, promoveu em uma fazenda do Grupo Tavares em Aquiraz a soltura de mais 200 pássaros silvestres como: sanhaçu azul, bicudo, sabiá laranjeira, rolinha, bigodeiro, cancão, corrupião, sabiás, galo de campina que foram adquiridos por meio de apreensões, entregas espontâneas e resgastes.

Outro ato em parceria com o IBAMA-CE foi à queima de mais 10 toneladas redes de caçoeiras usadas ilegalmente na peca da lagosta, incineradas nos fornos da Cerâmica Assunção III-IV do Grupo Tavares. A queima de redes caçoeiras é constantemente realizada nos fornos do Grupo Tavares demonstrando a boa relação entre o grupo e órgão ambiental.