TELHA NAS COXAS

No período colonial brasileiro, os escravos doentes ou incapacitados para fazer trabalhos pesados, eram encarregados de realizar uma tarefa aparentemente fácil. Como modelar com barro, usando suas coxas, as telhas das casas.

O problema é que cada escravo tinha a coxa de tamanho e formato diferentes, razão pela qual as telhas, depois de prontas ficavam desiguais. Consequentemente, o telhado depois de montado ficava torto (foto abaixo), desalinhado, com aparência de ter sido malfeito. Daí surgiu a expressão “feito nas coxas”. Eis a razão de que nos dias atuais quando alguém faz algo sem muito zelo ou sem qualidade, costuma-se dizer que aquilo foi “feito nas coxas”.

O Grupo Tavares possui algumas amostras de telhas deste período, encontrados em sobrados construídos nesta época em propriedades adquiridas pelo grupo.

 

telha